As referências no novo vídeo do Angra

Nesta sexta feira (4), fomos apresentados ao novo vídeo do Angra. A faixa “Ride Into the Storm“, que fará parte do vindouro disco “Cycles of Pain“.

Em entrevistas passadas, Rafael Bittencourt disse que o novo trabalho passaria por toda a carreira da banda em todos esses anos, e o vídeo não escondeu isso, trazendo algumas referências e simbologias que nos tementes a diversas eras do Angra em sua trajetória.

A primeira delas, claro, somos apresentados a entidade que está na capa do disco. O anjo que mais uma vez estampa um disco do Angra é mostrado em vislumbre e finalmente apresentando seu rosto.

Algumas capas de discos estão espalhadas por todo vídeo, como pode ver na rosa dos ventos de “Holy Land” que aparece em algumas cenas durante o clipe.

Em uma cena, Rafael Bittencourt aparece em um ângulo com um efeito que se assemelha com o desenho da capa de “Aurora Consurgens“. Seria uma referência?

O menino adentra em lugares inóspitos da construção em que ele caminha, e em determinado momento, ele chega a uma sala onde um jardim secreto é encontrado. Preciso falar mais?

O vulcão em erupção, focado na lava subindo provavelmente é mais uma referência a capas, nesse caso, de “Fireworks”, último trabalho registrado pela formação original da banda. Também poder ser interceptada como alusão a faixa “Spread Your Fire“.

E claro, “Angels Cry“, o começo de tudo, não ficaria de fora e está lá. Em um frame bem rápido, é possível ver a estátua da capa do disco. E próximo ao final, o anjo da capa do novo disco fica em uma posição bastante parecida com o debut do conjunto Angra.

Algumas músicas também pode ser interpretadas em simbologias espalhadas pelo vídeo.

O garotinho molha as mãos (seria referência a “Aqua”?) e na sequência, irriga a planta, o que podemos jogar em uma referência a faixa “Sea of Life“.

Após o garotinho entregar a flor ao anjo, ele começa a irradiar uma luz e as penas de suas asas começam a ganhar vida, nos lembrando vagamente a capa de “Rebirth”, que pode ser interpretada na própria cena, como um renascimento da criatura.

Um trovão corta uma cena rápida, o que nos coloca mais em alusão a faixa “Arising Thunder“.

E quanto ao nosso protagonista? O colete por cima da camisa, os traços do rosto, não te remetem a alguém? Ok, talvez não, mas e quando você se depara com as iniciais “A.M” na mochila dele? É isso, nosso querido maestro Andre Matos, esteve presente no vídeo.

E aí, identificou mais alguma referência espalhada pelo vídeo?

 

 

 

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

One thought on “As referências no novo vídeo do Angra

  • agosto 5, 2023 em 1:26 pm
    Permalink

    A planta q ele rega é uma espada de São Jorge. Referência pra Temple of shadows.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.