Brian “Head” Welch comenta como Adidas topou parceria com o Korn em nova linha de produtos

Algumas semanas atrás, noticiamos que a nova linha de produtos do Korn em parceria com a Adidas havia sido um sucesso ao ponto dos produtos se esgotarem após algumas horas do lançamento oficial. Mas como a essa altura, a marca resolveu se unir a banda para esse lançamento?

Foi o que o guitarrista Brian “Head” Welch falou em uma participação no canal Abel to Do Anything no YouTube. Sobre como surgiu a ideia, ele diz:

Isso é um sonho que se tornou realidade. Nosso vocalista, principalmente, mas todos nós, usavamos Adidas, mas queríamos fazer um acordo com a Adidas em 1997. Nós os abordamos e eles disseram não. Então, se você sabe alguma coisa sobre a história da Adidas e da Puma, há dois irmãos, eles se separaram e um dos irmãos fundou a Puma; há muitos anos, quando eu era criança, talvez. Então fomos para a Puma quando a Adidas disse não, e eles nos deram dinheiro e roupas de graça.” Você pode entender mais sobre a troca neste artigo

Sobre se a decisão deixou a Adidas chateda, Brian disse:

“Espero que sim, mas novos proprietários, novos funcionários, tudo isso, tantos anos depois… Eles realmente nos procuraram. Então o que aconteceu foi que alguns fãs são adolescentes do Korn. Eles cresceram, entraram nessa indústria, conseguiram um emprego na Adidas e venderam Korn para a Adidas por alguns anos. Eles recusaram um pouco e finalmente disseram que sim. É como um sonho que se tornou realidade.”

Mas nem tudo foi perfeito na publicidade dos produtos. Diversos fãs reclamaram que após fazer um cadastro no site oficial da Adidas, eles tiveram de participar de um sorteio para poder adquirir a linha do Korn. Os que não foram contemplados, acabaram ficando sem algumd os produtos, que no dia seguinte ao lançamento, estavam sendo comercializados por até o triplo do preço em sites de negócios como o eBay.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.