Resenha: Voivod – “Morgoth Tales” (2023)

Em 40 anos de carreira, o Voivod tem uma coleção imensa de clássicos para entregar a seus seguidores! Com isso, ele resolveram comemorar a data com “Morgoth Tales”, lançado pela Century Media Records, e trazido ao Brasil pela Shinigami Records.

A ideia do registro é passear pelas décadas de jornada da banda, e apresentar algum dos seus maiores clássicos nesse tempo, em novas roupagens, além de uma faixa inédita, que batiza o álbum.

Estão por lá a abertura rápida com “Condemned to the Gallows“, e sequência groovada de “Thrashing Race”. Essa última, com os novos retoques de produção, mostra o lado em que a banda transitava entre o punk/thrash, e passa a criar a sua forte identidade, que permearia por tantos anos a fio. “Killing Technology”, lançada originalmente ainda na década de 80, mostra a banda incorporando elementos de variações que iriam compor a veia prog que está presente desde então em seu som. E nesse ponto, você irá se questionar se a veia mais crua e direta do original é mais interessante, ou se tentar polir essas obras, consegue ressaltar e validar ainda mais o som da banda. A curiosidade fica pela inédita “Morgoth Tales”, música inédita gravada especialmente para a ocasião, e que já mostra a faceta do Voivod para outro lugar diferente daquilo de onde tudo começou. Também é evidente como bandas como Mastodon, bebem desse som “amalucado” que eles tem. A música traz mudanças de andamento repentinos, que deixam o ouvinte com uma leve confusão, sem saber para qual rumo as próximas notas seguirão.

Ainda que não apresente nenhuma nova fórmula, celebrar sua jornada nesse formato é algo no mínimo interessante para os fãs do Voivod, ainda que muitos se coloquem em questionamento do porque se mexer nessas obras. Para aqueles que gostam da ideia de se pensar em uma banda de tantos anos, inserida numa nova era, fica aí uma ótima sugestão para curtir no final de semana. Como dito, será no mínimo, interessante descobrir as novas sonoridades incorporadas a já clássicas faixas.

NOTA: 7

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.