Adriano Falabella, apresentador do programa Alto Falante, morre aos 70 anos

Adriano Falabella, apresentador do programa Alto Falante, onde apresentava o quadro “Enciclopédia do Rock”, falando de bandas clássicas, e crítico musical, morreu aos 70 anos neste sábado (13).

A notícia da morte foi confirmada pelas redes sociais da rádio Itatiaia. Segundo o jornal, Estado de Minas, Adriano estava internado no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital João XVIII, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Ele apresentava um quadro de septicemia, devido a um absesso dental que afetou a garganta. Durante a internação, apresentou problemas nos rins e no fígado e foi operado duas vezes.

O parceiro e amigo, Terence Machado, publicou uma nota sobre:

Nunca estaria pronto pra fazer um post desses. Nunca estaremos. Esse delírio eu pularia, amigo, mestre! Descanse em paz. Obrigado por tudo!

A emissora Rede Minas, onde o programa Alto Falante é exibido, emitiu uma nota de pesar:

“A Empresa Mineira de Comunicação e a Rede Minas se solidarizam com parentes e amigos do nosso querido apresentador Adriano Falabella, que faleceu, em Belo Horizonte, na madrugada deste sábado (13) aos 70 anos.

Durante décadas, Falabella apresentou o programa Alto-Falante, ao lado de Terence Machado. No seu quadro “Enciclopédia do Rock”, ele trazia, sempre com muito carisma, histórias sobre artistas e discos marcantes do gênero musical.”

O vocalista do Jota Quest, Rogério Flausino, também lamentou a morte do apresentador:

Profundos sentimentos aos amigos e familiares do grande Falabella! Viva o rock

Adriano Falabella trabalhou também no programa “O Rock que a Terra Não Esqueceu”, da Terra FM, “Rock n’ Roll Crazies”, na 107 FM, e , “Enciclopédia do Rock” também da 107, que deu origem ao quadro do Alto Falante.

Além do grande conhecimento do grande pesquisador do rock que era, Adriano ficou conhecido pela carisma e frases que viraram suas marcas como, “gostas do delírio, baby?”. Falabella deixa uma filha.

O corpo de Adriano Falabella vai ser velado a partir das 13h, até as 17, na Santa Casa, Rua Domingos Vieira 367, em BH.

Fica aqui uma singela homenagem a Adriano, que me influenciou demais na comunicação do rock, enquanto consumia avidamente seu quadro no Alto Falante, enquanto ainda um garoto de 14 anos que nunca sonharia hoje estar fazendo um mísero grãozinho de areia desse trabalho tão gigante como foi o dele.

 

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.