Geddy Lee fala sobre arrependimento de priorizar tanto o Rush em sua vida

Geddy Lee continua sua jornada de divulgação de sua biografia ‘My Effin’ Life’, e durante sessão de perguntas e respostas com o The Guardian, onde ele respondeu se tem algum arrependimento em sua vida. Ele diz:

Mostre-me alguém sem arrependimentos e eu lhe mostrarei alguém cheio de merda. Lamento quanto tempo passei longe do meu filho e como fui abandonado em meu casamento por tantos anos, porque sempre coloquei a banda em primeiro lugar.”

Mesmo assim, o cantor ficou feliz com a história da banda:

Mas não me arrependo do arco da história de Rush. Fui o baixista mais sortudo do planeta por tocar com um baterista como Neil Peart e um guitarrista como Alex Lifeson. E fui ainda mais abençoado porque eles eram meus queridos amigos.

Foram 19 discos com o Rush, e Lee foi perguntado se ele gostaria de regravar algum desses discos:

Essa é uma pergunta perigosa! Nunca terminei um disco que me deixasse totalmente feliz, mas acho que é uma tarefa tola. Então vou dizer não, não gostaria de refazer nada. Deixe-o representar o que era, com verrugas e tudo.

Geddy Lee continua sua divulgação da nova biografia e que deve chegar vir ao Brasil no próximo ano, possivelmente em janeiro.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.