Sharon Den Adel defende falar sobre política nas letras do Within Temptation

Sharon Den Adel, a vocalista do Within Temptation, falou em uma entrevista ao FaceCulture, como ela defende e ideia continuar a falar sobre políticas nas letras de sua banda. Ela diz, especificamente sobre as músicas, “Wireless” e a faixa-título de seu novo álbum “Bleed Out”, que destacou temas atuais como a guerra na Ucrânia e a morte suspeita de Mahsa Amini, uma mulher iraniana “detida” por não usar hijab. Ela disse:

Sim. Muitas pessoas disseram: ‘Cale a boca e cante. Cale a boca e toque. Não estamos interessados ​​na sua opinião.’ Mas acho que é disso que se trata a música. É sobre pensamentos, sobre filosofia. É sobre muitas coisas, e especialmente os grandes tópicos do mundo, porque isso nos inspira. E acho que qualquer coisa que inspire você é seu direito de falar sobre isso. E essa é a diferença também de viver em uma democracia. Posso dizer o que quiser, dentro de certos limites, é claro, mas sou livre para fazê-lo. E essa é a diferença, em vez de viver no Irã ou na Rússia ou o que quer que seja. , onde eu já estaria em perigo. E, claro, não é sem perigo dizer essas coisas, porque as pessoas podem reagir muito fortemente e percebemos isso também. Mas quando você escreve sobre isso e tem um certo sentimento em relação a isso…

Tocamos tantas vezes em ambos os países, como na Ucrânia e na Rússia, e conhecemos muitas pessoas bonitas e nos divertimos muito em ambos os países. Mas o fato de que para nós era tão claro que a Rússia é o agressor aqui e senti muito por um país soberano como a Ucrânia ter sido atacado daquela forma. E, sim, isso simplesmente não fazia sentido para nós. E ficamos muito chocados com isso porque nunca pensamos que depois da Segunda Guerra Mundial, algum dia veríamos uma guerra como essa e com essa magnitude, porque, é claro, há mais guerras acontecendo. Tivemos Sarajevo, é claro, mas não é uma superpotência como a Rússia. É um jogo totalmente diferente. É muito perigoso. E acho que ele… bem, isso não para com a Ucrânia. E não acho que precisamos de outro país que será oprimido. Precisamos de mais democracia em todos os lugares, eu acho. E pensando nisso, esperando que possamos apoiar levá-los até ao fim, porque a situação só irá piorar para todos se houver mais países como a Rússia a oprimir a sua população. E especialmente tão perto de casa, porque fica a duas horas e meia de voo do nosso aeroporto. É a mesma distância de Barcelona para nós.

O Within Temptation está lançando nesta sexta (20), o seu novo disco, “Bleed Out“.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.