Aaron Lewis do Staind diz: “Se você ainda é liberal, não tem cérebro”

Aaron Lewis, vocalista do Staind, apareceu no episódio 285 do Devin Nunes Podcast, transmitido no empreendimento de mídia social do ex-presidente dos EUA, Donald Trump, Truth Social, onde ele falou sobre a sua mudança política nos últimos anos, dizendo:

“Não posso dizer que sempre fui um conservador. Quero dizer, quando você é mais jovem, é mais sobre… Há um velho ditado que diz que quando você é jovem, se você não é um liberal, você não tem coração. E então, quando você for mais velho , se você ainda é um liberal, você não tem cérebro. Ou algo nesse sentido. Mas o que aconteceu foi que eu envelheci e as responsabilidades entraram em jogo e ter uma família e uma casa que eu tinha que assumir. E acho que outra coisa importante é que terei 52 anos. Estive presente durante toda a metamorfose deste país. Vi tudo acontecer. Vi smartphones fazerem nossa sociedade. Observei o que os computadores fizeram com a nossa sociedade. Vi tudo isso acontecer. E nunca tive uma conta no MySpace. Truth Social é a primeira página oficial de verdade, minha própria conta que já tive. Então, eu acho que, sentado e não estando tão envolvido em todo o fenômeno da mídia social, acho que não sofri uma lavagem cerebral tão grave.”

Não sei. Está tão claro para mim. Não entendo como tantas pessoas podem sofrer tanta lavagem cerebral quando tudo está tão claro. Nunca foi tão claro. O véu nunca foi puxado na medida em que está agora. E me surpreende que as pessoas sofram uma lavagem cerebral tão grande que chamam isso de… Tudo mudou. Verdade, mentiras e propaganda, e a propaganda é aclamada como verdade. A narrativa é aclamada como verdade, e é uma insanidade social. Temos um sério problema de saúde mental neste país.”

Aaron foi perguntado como ele foi visto na indústria da música ao expor suas opiniões, ele disse:

“Houve um pedido total para o meu cancelamento quando lancei o single ‘Am I The Only One’ I Sou muito abençoado no sentido de que, embora o presidente da minha gravadora, Scott Borchetta, não concorde conosco, ele acredita na liberdade de expressão, e é presidente de uma gravadora; isso é criatividade, isso é liberdade de expressão. E por mais que ele não acredite na maior parte do que pensamos ser verdade, ele ainda me apoiou e não atendeu ao chamado para me cancelar e, na verdade, tem sido um forte defensor do meu direito de poder para dizer o que acredito. Tenho muita sorte e ele sabe o quanto eu o aprecio.”

Lewis já se envolveu em diversos debates ao emitir suas opiniões, e em outubro de 2023, fez um post no Instagram onde expôs 32 coiotes mortos, que ele havia caçado no formato da palavra  ‘Trump 24’.

A vice-presidente sênior da PETA, Lisa Lange, condenou o ato, afirmando:

“Quão vil e patético que um músico fracassado, desesperado por relevância, aterrorizou e matou animais para ter um gostinho da atenção que obviamente anseia.”

A foto ainda está no feed do músico e pode ser vista aqui.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.