My Dying Bride anuncia novo álbum de estúdio ‘A Mortal Binding’ e lança novo single ‘Thornwyck Hymn’

A lenda britânica do death-doom, My Dying Bride, têm o orgulho de anunciar seu 15º álbum de estúdio, A Mortal Binding, com lançamento previsto para 19 de abril pela Nuclear Blast Records. A notícia de hoje é acompanhada pelo lançamento do novo single tempestuoso e angustiante, ‘Thornwyck Hymn’. A faixa vem com um vídeo impressionante dirigido por Daniel Gray, que retrata uma história marítima que ao desenrolar traz sentimentos de desejo e termina numa tragédia.

Aaron Stainthorpe, do My Dying Bride, comentou,

Situada na costa áspera de Yorkshire, a vila de Thornwyck passou uma eternidade assombrada pelas águas frias que lavam sua orla – e pelo povo oculto que habita nas profundezas salgadas. Ai de quem se aventurar no mar salgado, ou mesmo se aproximar demais de sua beira, pois pode nunca mais pisar na terra mãe”

Você pode fazer a pré-venda de A Mortal Binding aqui:

https://mydyingbride.bfan.link/a-mortal-binding

Ouça ‘Thornwyck Hymn’ aqui:

https://mydyingbride.bfan.link/thornwyck-hymn

Assista ao vídeo de ‘Thornwyck Hymn’ aqui:

O álbum será lançado no Brasil pela parceria Shinigami Records/Nuclear Blast.

A Mortal Binding, a tão esperada continuação de The Ghost of Orion (2020), encontra o quinteto baseado em Yorkshire deleitando-se com ansiedade, perda e trabalho árduo com efeito resplandecente. Desde o sofrimento cru para ‘Her Dominion’ e o horror retorcido de ‘Thornwyck Hymn’ até os violinos fúnebres do monólito de 11 minutos ‘The Apocalyptist’ e o clássico ‘The 2nd of Three Bells’, A Mortal Binding é o auge do My Dying Bride. Se Songs of Darkness, Words of Light (2004) elevou a banda a novas alturas e A Map of All Our Failures (2012) expandiu o grandioso meio da década do grupo, então A Mortal Binding posiciona a a banda na próxima fase exultante de miséria elegíaca do My Dying Bride.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.