Todd McFarlane crava que novo filme do Spawn irá acontecer, mesmo que tenha que “ser de seu próprio bolso”

Já se vão mais de 20 anos que o filme do Spawn surgiu para o mundo. O longa não é nenhuma unanimidade com o público, principalmente pelos efeitos especiais que estão por ali (o pobre Malebólgia parece um calango desnutrido que nem a boca abre quando fala). Desde então, um novo longa é aguardado, e quem assumiu a frente de um novo projeto, foi o próprio criador do personagem, Todd McFalarne.

Criador de 'Spawn' diz que filme contará com equipe da Marvel e DC - CinePOP

Porém, mesmo após diversas falas sobre o novo filme, até o momento, nada de concreto foi realizado, o McFarlane falou sobre o caso em uma nova entrevista a ComicBook. Ele diz:

“Jason Blum é um dos melhores em fazer as coisas acontecerem. Eles me disseram que vou ler o roteiro este mês. O e-mail será enviado esta semana para lembrá-los de que me prometeram isso.”

Até o momento, a produção está nas mãos da Blumhouse Productions, e Todd prometeu que se durante o ano de 2024 o projeto não tiver encaminhamento, ele irá procurar outras formas de lançar o filme.

“Alguma coisa tem que acontecer. Alguma coisa vai acontecer. Eu me conheço, algo vai acontecer, porque se eu não conseguir resolver isso dentro do sistema de Hollywood, eu vou resolver de forma independente. Eu me conheço. Mas espero que possamos chegar a um acordo que mantenha todas as partes que estiveram envolvidas ao longo dos anos.”

Até mesmo um novo intérprete para Al Simmons, o alterego de Spawn, já havia sido escalado, ficando a cargo de Jamie Foxx. Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro dos Vingadores, também faz parte do longa. Michael Jai White e John Leguizamo, o Spawn e o Violador do filme original, também fazem parte do elenco. Há uma previsão de lançamento para 2025, até o momento.

Marcio Machado

Formado em História pela Universidade Estadual de Minas Gerais. Fundador e editor do Confere Só, que começou como um perfil do instagram em 2020, para em 2022 se expandir para um site. Ouvinte de rock/metal desde os 15 anos, nunca foi suficiente só ouvir aquela música, mas era preciso debater sobre, destrinchar a obra, daí surgiu a vontade de escrever que foi crescendo e chegando a lugares como o Whiplash, Headbangers Brasil, Headbangers News, 80 Minutos, Gaveta de Bagunças e outros, até ter sua própria casa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.